Nódulos e o Aumento da Tireoide

Tosse seca e desconforto ao engolir podem ser indicativos de alterações na Tireoide. Saiba quais são as causas e como é feito o tratamento.

A Tireoide é uma glândula em forma de borboleta que se localiza na região do pescoço. Seu aumento de volume pode causar tosse e dificuldade para engolir os alimentos. Saiba mais sobre as causas de aumento da glândula Tireoide e seu tratamento.

Para que serve a Tireoide?

       A tireoide é responsável pela produção da tiroxina (T3 e T4), hormonios importantes para o metabolismo em geral. Estes hormônios, atuam na formação óssea, colesterol, pressão arterial, ciclo menstrual e outras diversas áreas.

Qual o tamanho normal da Tireoide?

    A tireoide é uma glândula em forma de borboleta que se localiza na região anterior do pescoço (em frente a traqueia – onde passa o ar – e ao esôfago – onde passam os alimentos). Ela pesa em torno de 25 gramas e tem um volume de aproximadamente 10 ml, variando de acordo com o tamanho do indivíduo.

Quais são os sintomas do aumento da Tireoide?
     A maior parte dos sintomas decorrem da compressão das estruturas próximas a tireoide, por exemplo o esôfago (onde passam os alimentos) e a traqueia (onde passa o ar). Os mais frequentes são:

  • Tosse seca

  • Desconforto ao engolir os alimentos

  • Sensação de aperto no pescoço

  • Dor na região do pescoço

Alguns sintomas podem decorrer das alterações na produção dos hormônios da tireoide.
Excesso do Hormônios da Tireoide (tireotoxicose e/ou hipertireoidismo):

  • Palpitações

  • Tremores

  • Perda de peso não proposital

  • Agitação e insônia

  • Pele quente e úmida

Falta do Hormônio da Tireoide (hipotireoidismo):

  • Cansaço crônico e progressivo

  • Alteração no ciclo menstrual

  • Unhas quebradiças

  • Queda de Cabelos

  • Pele seca e fria

    ATENÇÃO:
    Algumas outras doenças importantes podem causar sintomas semelhantes ao aumento da tireoide e avaliação correta pelo especialista é muito importante. As principais doenças nesta região são:
     - Tumores de cabeça e pescoço (laringe e faringe)
     - Aumento dos gânglios linfáticos (linfomas)
     - Lesões de cordas vocais
     - Doenças neuromusculares 
     - Tumores de Pulmão

O que provoca o aumento da Tireoide?

   Existem duas formas de aumento da tireoide:

  • nódulos: benignos ou câncer de tireoide

  • aumento difuso e uniforme: tireoidites (inflamações) agudas ou crônicas

Como é feita a avaliação da Tireoide?   
      A avaliação começa pela dosagem dos hormônios relacionados à função da Tireoide (TSH e T4 livre). Caso o exame físico esteja alterado (aumento de volume ou nódulos na glândula) uma ecografia da tireoide pode ser solicitada. A radiografia ou tomografia da região pode ajudar a avaliar o comprometimento das outras estruturas.

   Quando a tireoide produz excesso de hormônios a causa deve ser identificada.

Exames como a cintilografia com captação de iodo e anticorpos dosados no sangue podem ser úteis.

Como é feito o tratamento?
     Caso ocorra excesso na produção de hormônios, o tratamento geralmente envolve medicamentos que inibem a produção dos hormônios como as tionamidas ou o iodo radioativo.

Quando há a falta dos hormônios da Tireoide, está recomendada a reposição através do uso da (levo)tiroxina.

Nódulos na Tireoide:
     Os nódulos de tireoide são muito frequentes. Podem ocorrer em grande número e serem bastante volumosos. 

Além disso, podem produzir hormônios em excesso, mas a grande maioria é inativa. O risco de câncer é baixo, mas devem ser avaliados com cuidado. 

Punção da Tireoide:

    Quando há presença de nódulos, a punção da tireoide por agulha fina (PAAF) com anestesia guiada por ecografia pode ser indicada dependendo do  amanho e das características do nódulo.

Cirurgia da retirada da tireoide (tireoidectomia):

     Quando os nódulos são muito volumosos, causam desconforto (dor, dificuldade para engolir) ao paciente ou aparentam ser malignos, a cirurgia está indicada.

Quer saber mais sobre nódulos? Escrevi um artigo interessante no blog explicando detalhadamente a avaliação e risco de câncer em nódulos de tireoide. Clique AQUI para saber mais .

Quando devo consultar o especialista?

     O médico especializado em distúrbios da tireoide é o endocrinologista. A avaliação correta das características dos nódulos, da função hormonal e da indicação cirúrgica pode ser complexa, necessitando de uma boa integração do endocrinologista com o cirurgião de cabeça e pescoço. Além disso, é recomendado que o acompanhamento do câncer de tireoide seja feito por um endocrinologista.