Colesterol Bom ou Ruim?

Saiba o que são Gorduras trans e como baixar os níveis de lipídios.

Os níveis elevados de colesterol e triglicerídeos não causam sintomas, mas podem aumentar muito o risco de doenças cardiovasculares como infarto cardíaco, acidente vascular cerebral (AVC ou derrame) e redução na circulação sanguínea dos membros inferiores.

O que são Lipídios? Quais são os tipos mais conhecidos?

colesterol medidor

    O termo lipídios engloba os diversos tipos de colesterol e os triglicerídeos. Em termos práticos e simples vamos separar os principais lipídios cujo aumento faz bem (BOM) e os nos que é prejudicial (RUIM):

    • RUIM- Colesterol Total: níveis elevados estão associados com aumento de risco cardiovascular:
      • Valores de referência
        • <  200 mg/dL: normal
        • .> 201 mg/dL: limítrofe
        • > 240 mg/dL: elevado
    • RUIM- Triglicerídeos: níveis elevados são associados ao aumento de risco cardiovascular, síndrome metabólica e pancreatite aguda.Valores de referência:
        • < 150 mg/dL: normal
        • > 151 mg/dL: limítrofe
        • > 200 mg/dL: elevado
        • > 500 mg/dL: muito elevado
    • RUIM- Colesterol LDL: combater seus níveis elevados é o principal objetivo do tratamento
      • Valores de referência: dependem do risco cardiovascular!
        • Alto risco: Pessoas que tiveram Infarto Cardíaco e/ou AVC prévios, angina, doenças circulatórias ou risco cardiovascular calculado em 10 anos > 20%: manter níveis abaixo de 70 mg/dL e/ou reduzir em 50% dos níveis basais.
      •       Risco intermediário ou baixo: 100-130 mg/dL 
    • BOM- Colesterol HDL: níveis elevados podem prevenir doenças cardiovasculares
      • Valores de referência:
        • > 60 mg/dL: excelente
        • <40 mg/dL: risco aumentado

    Qual o objetivo de controlar os níveis de lipídios?

                Evitar doenças cardiovasculares. O tratamento dos lipídios revolucionou a medicina, reduzindo muito o número de mortes na população e é um dos principais responsáveis pelo aumento de expectativa de vida!

                Quanto maior o risco cardiovascular do indivíduo, mais agressivo deve ser o tratamento para reduzir os níveis de colesterol, especialmente o LDL.

    Qual o perfil das pessoas com maior risco cardiovascular?ateroma

    • Doença Cardíacas ou Cerebrais (Isquemia Cerebral ou AVC, Infarto do miocárdio)
    • Diabetes
    • Doenças familiares dos lipídios (níveis muito elevados)
    • Hipertensão (pressão alta)
    • Insuficiência Renal
    • Fumantes
    • História familiar de doenças cardíacas em pessoas jovens (< 55 anos em homens e <65 anos em mulheres)
    • Idade e sexo: o risco é maior em homens e aumenta ao longo da vida
    • Obesidadeduvida

    Quem deve ter seus níveis checados (sreening)?

    Com fator de risco cardiovascular (1 ou mais dos mencionados acima)

    • Homens a partir dos 25 anos e Mulheres a partir dos 35 anos

    Sem fator de risco cardiovascular

    • Homens a partir dos 35 anos e Mulheres a partir dos 45 anos

    Intervalo para repetir os exames

    Não há um consenso sobre isso, mas seria adequado repetir os exames a cada 3 anos em pessoas de baixo risco que não estão realizando tratamento e anualmente nas pessoas com maior risco ou em tratamento. 

    Como é feito o tratamento do aumento dos níveis de lipídios?

                Dieta e exercício físico são fundamentais. Existem diversos tipos de dieta (falarei mais em outros tópicos) para baixar o colesterol, não há uma fórmula única para todos.

                As medicações como as estatinas (rosuvastatina, atorvastatina, sinvastatina, pitavastatina, pravastatina) são as drogas de escolha para tratar os altos níveis de colesterol e reduzirem o risco cardiovascular. Existem outras medicações como os fibratos, ômega-3, orlistate, ezetimiba, entre outros que podem ser adjuvantes no tratamento.

    Qual a quantidade necessária de exercício físico que deve ser realizada?caminhadas

    • Pelo menos 150 minutos de atividade física de leve a moderada (caminhadas, por exemplo) por semana.
    • Comece de forma leve e promova aumento gradual de intensidade.
    • Não fique mais de 2 dias sem se exercitar.
    • Mantenha-se ativo: caminhe mais de 10.000 passos nas suas atividades diárias (instale aplicativos que contam passos no seu celular).
    • Todas as formas de exercício são recomendadas
    • Procure um profissional de educação física para evitar lesões osteomusculares

    Quais os alimentos que podem ajudar a baixar as taxas de lipídios?

                Alguns alimentos quando consumidos com moderação podem ajudar a baixar os níveis de lipídios. Alimentos ricos em ômega-3 e 6(1-2 porções ao dia)

    • Peixes gordurosos como Salmão, Atumsalmao
    • Azeite de Oliva Extra virgem
      • Nozes, amêndoas e pistache (até 30g)
      • Alimentos ricos em fibras
        • Frutas, verduras, alimentos integrais
      • Evitar: gorduras saturadas, trans e hidrogenadas, além de alimentos ricos em carboidratos simples.

    Atenção: se você está em uma dieta para perda de peso, esses alimentos podem conter uma quantidade grande de calorias, o que pode interferir na sua dieta.azeite de oliva

    Sempre devemos tratar com medicações os níveis de lipídios elevados?

    Nem sempre. Hábitos de vida saudável são indicados para todos, mas a indicação de tratamento farmacológico depende do risco cardiovascular.

    Por exemplo, indivíduos de alto risco cardiovascular (2 ou mais fatores de risco) provavelmente necessitem tratamento mais precoce. Pessoas jovens, sem nenhum fator de risco, podem realizar tratamento apenas com modificação do estilo de vida (dieta e exercício físico) na maioria das vezes.

    DÚVIDAS FREQUENTES:

    O ovo de galinha aumenta o colesterol?

                Muito se fala sobre o ovo de galinha. O fato é que ovos são uma boa fonte de proteínas e não costumam aumentar muito o colesterol se consumidos com moderação.

    O que são gorduras trans?

                São gorduras que aumentam os níveis do colesterol ruim (LDL). Embora alguns alimentos naturalmente possuam esse tipo de gordura, ela é muito presente nos produtos industrializados devido a hidrogenação dos ácidos poli insaturados.

    A gordura hidrogenada é utilizada para dar deixar os alimentos crocantes e firmes em temperatura ambiente (biscoitos, margarinas, bolos, etc). Evite!

    Manteiga, margarina ou óleo?manteiga

                O mais importante é evitar gorduras saturadas ou trans. Óleos (oliva, canola, girassol, etc) costumam ter menor quantidade desse tipo de gorduras. Quando escolher uma margarina, opte pela que tiver menos gorduras saturadas e trans.

                O segredo é a moderação.

     Posso tomar suplementos alimentares para controlar o colesterol?

                Suplementos alimentares podem ajudar, no entanto existem poucos estudos de boa qualidade que comprovem o seu benefício, além disso, costumam ser caros. As medicações utilizadas para baixar o colesterol são testadas em milhares de pessoas e comprovadamente reduzem o colesterol e principalmente o risco cardiovascular. Não substitua suas medicações sem conversar com seu médico primeiro. 

    Como faço para saber o meu risco cardiovascular?

    Você pode calcular o seu risco cardiovascular através da calculadora de risco da Sociedade Americana de Cardiologia (AHA) neste link:  http://tools.acc.org/ASCVD-Risk-Estimator/ 

    Fonte e links úteis

    1.  Sociedade Americana de Cardiologia
    Sociedade Europeia de Cardiologia