Quais são os tipos de Diabetes?

Tipo 1 ou Tipo 2? Descubra como o Diabetes surge e quais são os sintomas.

Você tem ouvido falar sobre Diabetes (Diabetes Mellitus) nos últimos anos? Imagino que sim, pois aproximadamente 10 a 12% das pessoas possuam esta doença. Isto significa mais de 380 milhões de pessoas com Diabetes no mundo! O Diabetes ocorre por uma dificuldade do organismo em manter a glicemia (níveis de açúcar no sangue) dentro da normalidade.

Qual o perigo dos níveis de glicose elevados?

            O Diabetes aumenta muito o risco de infarto do coração e AVC (derrame). Atualmente estas duas doenças são as principais causas de morte no Brasil. Além disso, existem complicações próprias do Diabetes como lesão nos rins, nos olhos e na circulação sanguínea em geral (o que pode levar a amputações de membros). O Diabetes é a principal causa de cegueira em adultos e a segunda causa de perda da função dos rins (necessitando de hemodiálise ou até mesmo transplante renal).

Apesar de causar tudo isso, o Diabetes é uma doença silenciosa! Foi por este motivo que elaborei este artigo. O conhecimento é fundamental para prevenirmos e vencermos esta doença e suas complicações.

Vamos adiante?

Para começarmos, preciso explicar um pouco sobre fisiologia do corpo humano.

A glicose (açúcar) é uma fonte de energia fundamental para o organismo. Ela está presente em quase todos alimentos, especialmente os carboidratos (açucares). Para que possamos aproveitar esta energia, é necessária a ação de um hormônio: a insulina.  APARELHOS DIABETES

Como funciona a insulina?

Cada vez que nos alimentamos, os níveis de glicose sobem e, em resposta a isto, o pâncreas (órgão localizado no centro do abdome) libera uma quantidade maior de insulina que vai ser responsável por retirar a glicose da corrente sanguínea e armazená-la dentro dos músculos, fígado e demais órgãos, evitando o aumento da taxa de açúcar no sangue.

Quais são os tipos de Diabetes?

Existem algumas formas de Diabetes, mas as principais são o tipo 1 e o tipo 2.

Diabetes tipo I:

Não é tão frequente (10% dos casos), mas é o mais fácil de ser compreendido. No Diabetes Tipo I, o pâncreas produz pouca ou nenhuma quantidade de insulina e por isso os níveis de glicose sobem rapidamente.

Ele é causado por um ataque da própria imunidade às células produtoras de insulina. É mais comum em pessoas mais jovens (menores de 30 anos) e apresenta início rápido (dias ou semanas). O tratamento é feito sempre com insulina (por isso era chamado de insulino-dependente).

Diabetes tipo II:

Este é o tipo mais comum de todos (mais de 90% dos casos). Quando o indivíduo está acima do peso, não faz atividade física e/ou apresenta uma tendência familiar muito forte, o organismo desenvolve a chamada resistência à ação da insulina.

A resistência à insulina obriga o pâncreas (órgão localizado no abdome) a produzir e liberada quantidades cada vez maiores de insulina para conseguir controlar nos níveis de açúcar no sangue.

Quando esta produção é insuficiente, surge o Diabetes tipo II (antigamente chamado de não insulino-dependente, mas este termo é ultrapassado e veremos adiante o motivo).

            Outros tipos: mais raros como Diabetes monogênico (MODY) ou Auto-imune do adulto (LADA).

Por que surge o Diabetes tipo II?

            O que causa especificamente o surgimento desta doença ainda não é bem estabelecido, mas alguns fatores aumentam o risco de desenvolver Diabetes:OBESIDADE

  • Excesso de Peso ou obesidade
  • Obesidade localizada no abdome
  • Sedentarismo (pessoas que não praticam exercícios)
  • Síndrome Metabólica
  • Síndrome dos ovários policísticos
  • História de Diabetes na Família
  • Dieta rica em carboidratos de alto índice glicêmico (açúcares, alimentos ricos em farinha como pães, massas e leguminosas)
  • Algumas doenças  endocrinológicas específicas
  • Medicações:
    • Corticoesteróides (p. ex: prednisona e dexametasona)
    • Remédicos contra rejeição após transplante de órgãos

Devemos lembrar também que a gravidez pode precipitar o surgimento de Diabetes em pessoas predispostas (com os fatores de risco acima) e provocar o Diabetes Gestacional.

Com que idade surge o Diabetes tipo II?

            Antigamente ocorria após os 30-45 anos de idade, mas está surgindo cada vez mais cedo por conta dos hábitos alimentares e de vida não saudáveis dos dias de hoje. Pode acometer inclusive crianças e adolescentes.

Quais são os sintomas do Diabetes?

            Devemos lembrar que o Diabetes é uma doença silenciosa. No entanto, quando os níveis de glicose estão muito elevados (>200), podem ocorrer alguns sintomas:

  • Sede excessiva (boca seca)
  • Necessidade frequente de urinar durante o dia
  • Acordar várias vezes a noite para urinar
  • Visão turva
  • Fome excessiva
  • Perda de peso sem motivo

Por que perda de peso é um sintoma do Diabetes?

            Quando a insulina não está conseguindo cumprir sua função de promover o armazenamento da glicose e os níveis estão acima de 180-200 mg/dL, boa parte deste açucar se perde na urina (por isso a necessidade de urinar e a sede). Ou seja, o indivíduo não consegue aproveitar a energia e acaba emagrecendo de forma não saudável.

Como é feito o diagnóstico de Diabetes?

            Pode ser feito através da medida da glicemia (glicose no sangue) em jejum e após uma sobrecarga de carboidratos (açucares). Também é possível fazer o diagnóstico através da Hemoglobina Glicada (exame que fornece uma média da glicemia ao longo dos últimos 3 meses).

Quais são os critérios diagnósticos (em duas ocasiões)?

  • Glicemia de jejum maior que 126 mg/dL
  • Glicemia após teste de tolerância a glicose (TTG 75g) maior que 200 mg/dL
  • Hemoglobina Glicada (HbA1c) maior que 6,5%
  • Sintomas de Diabetes (listados acima) e glicemia de jejum > 200 mg/dL (não é necessário repetir)

O que é pré-Diabetes?

            É uma condição clínica com risco aumentado para Diabetes.

  • Glicemia em jejum entre 100-125 mg/dL
    • Glicemia após teste de tolerância (75g) entre 140 e 199 mg/dL
    • Hemoglobina glicada (HbA1c) entre 5,7 e 6,4%

Fique atento aos próximos posts para aprender mais sobre como manter sob controle o Diabetes e prevenir suas complicações!


Fontes e links interessantes: