Quando é indicada a punção do nódulo da Tireoide?

Nódulos de tireoide são muito frequentes. Saiba quais são as características do nódulos que requerem monitoramento e avaliação.

Nódulos de Tireoide são muito comuns e frequentemente são identificados através de exames de rotina como tomografias e ecografias dos vasos da região cervical. Descobrir um nódulo de tireoide pode causar preocupação, principalmente por medo de alguma doença maligna. Neste artigo explico quais são os aspectos suspeitos dos nódulos de tireoide e quais requerem avaliação. 

tireoide é uma glândula que está localizada no pescoço, na frente da traqueia, entre o pomo de Adão (proeminência da laringe no meio da região anterior do pescoço) e a base do pescoço

Devido ao avanço da tecnologia e a facilidade de acesso aos exames de imagem como a Ultrassonografia, os nódulos de tireoide têm sido descobertos com frequência em exames de rotina. A doença nodular da tireoide é mais comum em mulheres, acomete todas as faixas etárias, mas sua prevalência aumenta gradualmente com a idade. Estima-se que 35% das mulheres ao redor dos 40 anos têm nódulos de tireoide. 

Por que os nódulos de Tireoide surgem? 

Antigamente, a deficiência de Iodo era uma causa muito frequente de hipotireoidismo e bócio (aumento da tireoide), bem como nódulos. No entanto, há muitos anos o Brasil é considerado zona de suficiência/excesso  iodo devido a  suplementação deste mineral no sal de cozinha. Os nódulos provavelmente se originam de uma única célula que se multiplica sem controle adequado. Estudos vem sendo realizados na tentativa de descobrir a causa específica, mas ainda não foram conclusivos.

Qual o risco de câncer?

            Felizmente, somente 5-8% dos nódulos são malignos. Os carcinomas diferenciados de tireoide (papilar e folicular) são responsáveis por 90% dos casos. Os demais se dividem entre o carcinoma medular de tireoide e o câncer anaplásico.

Como diferenciar um nódulo benigno de um câncer?

            Apesar de o tamanho ser a característica mais lembrada quando se fala de tumores, no câncer de tireoide as características ultrassonográficas parecem ser o maior determinante.

Sinais de alerta:alerta

  • Nódulos duros e pouco móveis que cresceram rapidamente
  • Rouquidão
  • Adenomegalias cervicais (outros nódulos no pescoço)
  • Radioterapia prévia na região do pescoço ou para transplante de medula
  • História de Câncer de Tireoide na família (pais e irmãos)


    A classificação de TI-RADS ACR:

    Ao interpretarmos o resultado de uma ecografia da Tireoide não se pode escolher um característica isolada que determine o risco de se tratar de um câncer na Tireoide. Para solucionar este problema, de forma análoga ao BI-RADS (utilizado para exames de mama), foi criado o TI-RADS ACR.

    Esta classificação junta alguns aspectos dos nódulos e os classifica com um risco crescente de câncer.

    Classificação ACR TIRADS e risco aproximado de câncer

    TI-RADS 1: benigno - risco <2%
    TI-RADS 2: não suspeito - risco <2%
    TI-RADS 3: levemente suspeito - risco 5%
    TI-RADS 4: moderadamente suspeito - risco 5-20%
    TI-RADS 5: altamente suspeito - risco >20%

Punção da Tireoide:

    Quando há presença de nódulos, a punção da tireoide por agulha fina (PAAF) com anestesia guiada por ecografia pode ser indicada dependendo do  amanho e das características do nódulo.

Indicações de punção da tireoide

TI-RADS 1: não indicada
TI-RADS 2: não indicada
TI-RADS 3: acima de 2,5 cm
TI-RADS 4: acima de 1,5 cm
TI-RADS 5: acima de 1,0 cm

ATENÇÃO: 
- Estas sugestões são feitas pela Sociedade Americana de Tireoide, a indicação final de punção e acompanhamento é do médico assistente.
- Nódulos devem ser acompanhados mesmo que a punção não seja indicada.
- Nódulos que mudem suas características, apresentem crescimento expressivo no acompanhamento devem ser novamente classificados e a punção considerada.
- Pacientes com alto risco de câncer (expostos a radioterapia ou com histórico de
câncer de tireoide pessoal ou familiar) devem ter tratamento diferenciado. 

Cirurgia da retirada da tireoide (tireoidectomia):

     Quando os nódulos são muito volumosos, causam desconforto (dor, dificuldade para engolir) ao paciente ou aparentam ser malignos, a cirurgia está indicada.

Quer saber mais sobre nódulos? Escrevi um artigo interessante no blog explicando detalhadamente a avaliação e risco de câncer em nódulos de tireoide. Clique AQUI para saber mais .

Quando devo consultar o especialista?

     O médico especializado em distúrbios da tireoide é o endocrinologista. A avaliação correta das características dos nódulos, da função hormonal e da indicação cirúrgica pode ser complexa, necessitando de uma boa integração do endocrinologista com o cirurgião de cabeça e pescoço. Além disso, é recomendado que o acompanhamento do câncer de tireoide seja feito por um endocrinologista.


#conteudo2#

#htmlPersonalizado#